terça-feira, 22 de setembro de 2009

Viva como as Flores

- Mestre, como faço para não me aborrecer?
Algumas pessoas falam demais, outras são ignorantes.
Algumas são indiferentes.
Sinto ódio das que são mentirosas.
Sofro com as que caluniam.
- Pois viva como as flores, advertiu o mestre.
- Como é viver como as flores? - perguntou o discípulo.
Repare nestas flores, continuou o mestre, apontando lírios
que cresciam no jardim.
Elas nascem no esterco, entretanto,
são puras e perfumadas.
Extraem do adubo malcheiroso tudo
que lhes é útil e saudável, mas não permitem que o azedume
da terra manche o frescor de suas pétalas.
É justo angustiar-se com as próprias culpas, mas não é sábio permitir
que os vícios dos outros o importunem.
Os defeitos deles são deles e não seus.
Se não são seus, não há razão para aborrecimento.
Exercite, pois, a virtude de rejeitar todo mal que vem de fora.
Isso é viver como as flores.

2 comentários:

Ao toque do Amor disse...

oi,vim te oferecer o selo de 15 mil visitas do toque. Comemore, comigo esta benção.
bjus

Nanda disse...

Quer vencer os desafios? - confie em Deus!

Quer ser bom no que faz? - pratique!

Quer alcançar o objetivo? - jamais desista!

Quer crescer? - tenha raízes.

Quer ver resultados? - persevere.

Quer ser feliz? - esqueça o passado.

Quer falar bem? - escute melhor.

Quer aprender? - persista em ler.

Quer realização pessoal? - sirva!

Quer fazer diferença? - pague o preço.

Aqueles que nada fazem e esperam algum tipo de
vitória estão enganados.

A vitória é dos que lutam, dos que agem, dos que
"saem do porto".

A vitória é dos que se arriscam para alcançar o alto
da montanha.
Com Jesus guiando nossas vidas, não há barco que fique ancorado no porto.
linda semaninha amiga